Instalando o Kdenlive 0.9.4 no Ubuntu, Linux Mint e derivados

Posted by admin On fevereiro - 1 - 2013

30-01-2013_kdenlive_kdenlive-094-small

Basta seguir os passos a seguir para ter  o Kdenlive 0.9.4 devidamente instalado em seu Ubuntu, LinuxMint e derivados.

Os procedimentos a seguir devem ser feitos com privilégios de administrador, logo, utilize o “sudo” antes de cada um dos comandos ou então utilize o comando “su” para ter privilégios de root.

apt-add-repository ppa:sunab/ppa
apt-get update
apt-get install kdenlive

Sobre o Kdenlive

O Kdenlive é um poderoso e intuitivo editor de vídeo multi-track, que inclui as tecnologias de vídeo mais recentes. O software é totalmente gratuito e free software, tal como definido pela fundação GNU.

Se você não conhece o Kdenlive, recomendamos fortemente que o faça. É um excelente software de edição de vídeos. A equipe da Espírito Livre o utiliza e recomenda.

Recentemente noticiamos o lançamento da versão 0.9.4 do Kdenlive. Sendo assim, outras informações sobre esta versão, podem ser esclarecidas aqui.

LightZone renasce como software livre

Posted by admin On janeiro - 31 - 2013

31-01-2013_Lightzone-regions

Um dos primeiros alta qualidade editores de fotos RAW para desktops Linux foi LightZone, mas apesar de ter sido (inicialmente) de forma gratuita, era um produto proprietário. Infelizmente a pequena empresa por trás dele, eventualmente, fechou as portas, e ambas as versões gratuitas e pagas se foram, assim como as atualizações necessárias para suportar câmeras mais recentes. A empresa fechou suas portas definitivamente em 2011, mas o software pode retornar como um projeto de código aberto. Fãs do original ficarão satisfeitos, mas estes esforços ainda encontrarão pela frente um trabalho considerável antes que se torne em um projeto de comunidade auto-sustentável.

LightZone foi lançado em meados de 2005, primeiro para Mac OS X, seguido alguns meses depois, por uma versão para Windows. Mas o aplicativo foi escrito em Java, e em 2006, por um desenvolvedor da Light Crafts, empresa começou a construí-lo para GNU/Linux, bem como, os pacotes já compilados (com permissão) em seu site pessoal. A resposta foi positiva o suficiente para que a Light Crafts logo começasse a fornecer o LightZone para GNU/Linux como um release oficial, que, ao contrário das ofertas para os sistemas operacionais proprietários, era gratuito. Talvez essa situação obrigou-os a mudar de ideia (afinal, custava-se dinheiro para produzi-lo), foi quando a Light Crafts começou a cobrar por licenças para GNU/Linux também.

31-01-2013_Lightzone-01-zonemapper

Obviamente que a correção de bugs é importante, mas LightZone como um projeto auto-sustentável tem uma tarefa mais difícil pela frente em outras áreas. Para começar, o projeto precisa decidir formalmente uma licença. O documento de direitos autorais no “source” foi importado com o resto do código, pois ela traz um curta, declaração de direitos autorais BSD-like do fundador da Light Crafts, Fabio Riccardi e uma data de 2011, mas o projeto terá de deixar isso claro. Seguindo em frente, como Tex Andrews publicou no site do novo projeto, o grupo terá que começar a trabalhar em documentação, traduções, e discutir “certas questões organizacionais que agora enfrentamos.”

A história completa em detalhes pode ser conferida aqui (em inglês).

Com informações da LWN.net

 

Lançado Kdenlive 0.9.4

Posted by admin On janeiro - 30 - 2013

30-01-2013_kdenlive_kdenlive-094-small

A equipe de desenvolvimento do Kdenlive, um dos principais softwares para edição de vídeos em ambientes GNU/Linux, disponibilizou a versão 0.9.4, que trata-se de versão com diversas correções de bugs e inclusão de novas “features”.

Alguns destaques:

DVD Wizard Reescrito
O Assistente de DVD foi quase todo reescrito, permitindo agora menus 16:9. O wizard também detecta automaticamente o formato de seus vídeos e propõe uma trandcoding se for necessário. Na verdade, você já pode soltar qualquer vídeo na Wizard e basta clicar em transcodificar para obtê-lo no formato de DVD correto.

A criação de menus permanece ainda muito básica, entretanto você pode adicionar uma sombra para o menu de textos para torná-los mais bonitos.

30-01-2013_kdenlive_dvdwizard_130-01-2013_kdenlive_dvdwizard_2
Melhores marcadores de clipe
Os marcadores de clipe (comentários que podem ser adicionados e utilizados para buscar no clipe) foram melhorados. Agora você pode ter várias categorias que aparecem em diferentes cores. Marcadores agora também podem ser importados e exportados, e são compatíveis com o formato do Audacity.

30-01-2013_kdenlive_markers

Captura de tela reescrito
Nas versões anteriores, captura de tela foi realizada através do utilitário recordMyDesktop. Isso causava sérios problemas já que criava vários arquivos que não eram corretamente suportados pelo MLT. Assim, nesta versão, o recurso de captura de tela agora conta com FFmpeg Libav / o que significa uma dependência a menos e uma captura mais confiável. Parâmetros de codificação podem ser ajustados pelo usuário.

Suporte para várias fluxos de clipes
Alguns aplicativos, como aplicação de chat de vídeo pode produzir clipes de vídeo que têm vários fluxos incorporados, por exemplo, onde você pode ver e ouvir a cada participante para uma conversa. Kdenlive agora detecta este tipo de clipes e permite que você importá-los como clipes separados de modo que você pode usar os diferentes fluxos.

Critério de análise de clipe
Um novo recurso também é introduzido nesta versão: análise de clipe. Em suma, podemos ter alguns efeitos MLT que analisam o clipe e armazenam o resultado para uso posterior. Os primeiros casos utilizáveis ​​são os seguintes:
Detecção automática de cena: Kdenlive agora pode analisar seus clipes para encontrar as diferentes cenas e adicionar marcadores ou cortar o clipe. O processo está muito lento, mas é um começo.
Rastreamento de movimento melhorado: Kdenlive agora também podem analisar o movimento de um objeto, e o resultado disso pode ser usado como quadros-chave para uma transição ou um efeito. Por exemplo, agora você pode ter um clipe de título que segue um objeto.

Melhorias de estabilidade e desempenho
Muitos esforços foram colocados em estabilidade e desempenho, a busca na timeline será mais suave, agora você tem de depuração de áudio ao usar OpenGL display, áudio poderá ser gravado durante a reprodução de seu projeto para efeitos de narração, e muito mais.

A lista completa de novos recursos além dos bugs corrigidos estão disponíveis aqui.

Se você não conhece o Kdenlive, recomendamos fortemente que o faça. É um excelente software de edição de vídeos. A equipe da Espírito Livre o utiliza e recomenda. Kdenlive é um poderoso e intuitivo editor de vídeo multi-track, que inclui as tecnologias de vídeo mais recentes. O software é totalmente gratuito, tal como definido pela fundação GNU.

Ficou interessado?! Visite o site oficial do Kdenlive.

Lançada edição n. 6 Revista Espírito Livre!

Posted by admin On setembro - 11 - 2009
Revista Espírito Livre - Ed. #006 - Setembro 2009

Revista Espírito Livre - Ed. #006 - Setembro 2009

Revista Espírito Livre - Ed. n #006 - Setembro 2009
Revista Espírito Livre - Ed. n #006 - Setembro 2009

Não muito diferente de julho, o mês de agosto também não foi nada fácil. Muito trabalho, e grande parte dele acumulado, para que você consiga ler a edição do mês de setembro a tempo e sem menores problemas. Esta edição traz como matéria de capa Edição de Vídeo, mostrando aos leitores através de vários ângulos que é possível desempenhar um bom trabalho utilizando software livre para produzir, editar e criar material em vídeo.

Para reforçar o tema são apresentadas nesta edição duas entrevistas. Giuseppe Torelli e Tadej Borovšak, desenvolvedores do Imagination, falam do software de geração de vídeo a partir de imagens. Já Richard Spindler, criador do Open Movie Editor, fala sobre o software e como trabalhar com vídeo. Vj pixel também participou da redação de uma matéria interessante sobre Open Video e Sinara Duarte apresenta ainda diretrizes para se trabalhar com vídeos em sala de aula. Flávia Jobstraibizer continua a falar sobre o PHPBoleto e Walter Capanema também desdobra outros aspectos jurídicos sobre Spam. Alexandre Oliva relata uma feliz experiência com um netbook Yeeloong, com sua tela de 9′ e um eficiente processador. Outros tantos colaboraram na edição, enviando dicas, sugestões, dúvidas, comentários e participando das promoções. A estes, o nosso muito obrigado.

Tivemos uma dose tripla de matérias sobre o Blender Day que aconteceu em diversas cidades do Brasil. Recebemos três relatos que estão publicados na seção Eventos. Além disso trazemos um relato sobre o Consegi 2009, que aconteceu em Brasília, prontamente apresentado por Juliana Kryszczun. Lázaro Reinã continua sua jornada rumo a LUA e Cézar Taurion apresenta uma questão que por muitos é considerada polêmica: a receita advinda de projetos open source.

A cada edição apresentamos também nossa seção de emails que traz relatos dos leitores com opiniões, sugestões e comentários diversos. Fico muito feliz em saber que uma parcela considerável de técnicos, estudantes e entusiastas estão tendo acesso à publicação e que a mesma está fazendo a diferença entre estes. Tal informação pode ser também considerada como uma injeção de ânimo diante dos diversos problemas que surgem quando se está à frente de uma revista.

A Revista Espírito Livre traz, assim como nas edições passadas, a relação de ganhadores das promoções da edição anterior, que continuam nesta edição com o acréscimo do sorteio da Latinoware 2009. Firmamos uma parceria com a organização da Latinoware 2009, que nos disponibilizou 10 inscrições, as quais serão sorteadas entre os leitores. O evento que acontece no próximo mês e a Revista Espírito Livre estará presente! Então, se você não participou das promoções da edição passada, não perca tempo e participe. No site oficial da revista [http://revista.espiritolivre.org] e nas redes sociais onde a revista se encontra presente também pipocam novidades (e sorteios exclusivos).

A Revista Espírito Livre, vem mais uma vez mostrar para que veio, através de uma equipe competente e novas inserções no quadro de colaboradores, matérias de relevância e participação de toda a comunidade. Apresentamos um modelo de colaboração onde todos podem participar de alguma forma. Isto nos torna únicos. Agradecimentos a todos os que tornam todo esse amontoado de dados em informação de qualidade. Assim como disse na edição passada, sem vocês a revista não seria o que é.

Estamos aceitando sugestões sobre próximos temas para as edições da Revista Espírito Livre. Então você, que teve uma ideia legal, compartilhe com a gente!

Estamos aqui aguardando sua colaboração. Podem ser reportagens, entrevistas, matérias, novas seções, tutoriais, e o que mais sua imaginação mandar!

Enviem suas sugestões através do email revista@espiritolivre.org.

Bora lá, colocar a cachola pra funcionar!

A edição n.4 da Revista Espírito Livre já está sendo finalizada. Nos próximos minutos já estará disponível para download. Fiquem atentos!