alienware-steam-machine

Não consigo explicar isso, mas ao longo das últimas duas semanas, a Steam Machine começou a me parecer muito bonita – até mesmo para um construtor de PC dedicado como eu.

Preço moderado para especificações moderadas, um case com design elegante e sexy – eu quase podia entender por que diretor Gabe Newell, da Valve, estava tão animado com essa coisa.

Mas esse “casulo elegante” tem um preço: o gerente geral da Alienware, Frank Azor, confirmou ao site TrustedReviews que a Steam Machine não poderá ser atualizada. “Não haverá opções de personalização, você não pode realmente atualizá-la”, disse.

Ah, e a sua recompensa é que você poderá comprar uma novíssima Steam Machine com especificações atualizadas a cada ano – se é isso que você quer.

A notícia parece bater de frente com o que se pensava sobre a missão da Valve. Em Setembro, quando a empresa revelou seus planos, ela fez parecer que a “abertura” era grande parte da filosofia.

O FAQ da empresa diz:

“Posso hackear o dispositivo? Executar outro sistema operacional? Alterar o hardware? Instalar meu próprio software? Usá-lo para construir um robô?”

“Claro”.

O FAQ é relacionado apenas ao próprio hardware beta da Valve, mas parecia razoável esperar que os mesmos termos serviriam de guia para todos os fabricantes.

Outras Steam Machines parece abertas e personalizáveis; o Chronos da Origin possui dois slots para cartões de vídeo que são facilmente acessíveis, uma vez que o case for aberto.

Mas, presumivelmente, a fim de encaixar o hardware em um local tão pequeno, a Alienware precisou deixá-lo não-atualizável.

Com informações do IDGNow.
  • Marcos Bitetti

    Isso pra mim é mais limitação da própria montadora!
    Tal como ocorre com o Android.
    Pra mim a unica coisa que falta nas Steam Machine é a presença de um Wine pré-instalado no sistema.

FireStats icon Produzido pelo FireStats