Lançada edição n.67 da Revista Espírito Livre

Posted by admin On February - 26 - 2015
Revista Espírito Livre - Ed. #067 - Outubro 2014

Revista Espírito Livre – Ed. #067 – Outubro 2014

Revista Espírito Livre - Ed. n #067
Revista Espírito Livre - Ed. n #067

O mês de setembro já tem evento cativo em todo o mundo. Isso mesmo, o Software Freedom Day, que é o tema desta edição, acontece simultaneamente em diversas partes do mundo. Imagine só, você, no interior (ou não) de seu estado, tendo a oportunidade de organizar um evento que juntamente com outros, de todo o mundo. Porém, o mais importante não é o fato dele estar ocorrendo em diversos lugares, mas sim o propósito do mesmo: um dia dedicado ao software livre, uma celebração da liberdade dos softwares. Para quem não é da área, pode até achar engraçado, ter um dia dedicado à liberdade do software. Podem achar estranho alguns estarem lutando para prover liberdade a programas de computador, enquanto tantos humanos ainda estão presos. Mas trata-se justamente disso: o dia da liberdade de software visa prover a liberdade de software para humanos, como eu e você, que usamos computadores todos os dias. E pode até parecer que não, mas esta medida é altamente necessária, ainda mais em uma sociedade onde alguns sequer se preocupam com licenciamento de softwares ou ainda se os seus programas de computador estão bisbilhotando ou não as suas informações. Em um cenário cada vez mais comum de vazamento de dados, venda de informações por parte das grandes corporações, fazer uso de software livre não é luxo, e sim uma necessidade.

Imagine o dia em que você souber exatamente o que seus programas fazem com seus dados? Imagine só, ter a possibilidade de acessar tais dados, sendo programador ou não. Imagine poder auditar o que acontece lá nas profundezas do código-fonte. Agora deixe de imaginar e simplesmente torne realidade. O Software Freedom Day abre assim mais uma importante via de debate e discussão acerca deste relevante prática do uso e disseminação do software livre.

Acredito piamente que um evento que promova esta prática, é mais que bem vindo!