122329.206919-Drone-energia-solar

O Google quer levar internet de alta velocidade para várias localidades por meio de drones autônomos que são alimentados por energia solar. Este trabalho faz parte do projeto Skybender, que está sendo testado no estado norte-americano do Novo México.

De acordo com informações do Guardian, a intenção do Google é levar internet 5G, 40 vezes mais rápida do que a 4G, por meio de ondas milimétricas de alta frequência. Essa mesma tecnologia já vem sendo testada por outras organizações, como a DARPA (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos), que vem trabalhando com essas frequências em suas bases militares desde 2012.

Os testes do Google estão sendo realizados em um espaço de 1.400 m² no terminal Gateway to Space, que foi desenhado por Richard Foster, da Virgin Galactic. Os protótipos testados pela gigante de buscas no local incluem drones autônomos, drones com painéis solares e drones que podem ser pilotados.

Para levar internet de alta velocidade para milhões de pessoas, o Google planeja utilizar os veículos para fornecer acesso à internet. O problema é que estas transmissões têm um alcance mais curto que o sinal tradicional de tecnologia móvel.

Para o projeto, Mountain View está contando com o apoio do programa Mobile Hotspots, que disponibiliza vários drones, e o Google Titan, divisão que cuida dos drones que são alimentados por energia solar.

Com informações de The Guardian e Canaltech.