elementary-os

Os desenvolvedores do Birdie, um cliente não oficial do Twitter, anunciaram neste sábado (23) que continuarão trabalhando na aplicação, porém, o desenvolvimento passará a ser focado apenas no elementary OS. Com isso, a equipe responsável pela aplicação espera oferecer uma melhor experiência para os usuários da distribuição Linux.

Além disso, apesar do elementary OS ser baseado no Ubuntu, aparentemente, o Birdie pode não funcionar muito bem mesmo em distribuições Linux que também são baseadas no sistema operacional da Canonical. De acordo com os desenvolvedores, não serão mais suportadas múltiplas distros e nem mesmo ambientes gráficos.

“Nós estamos dedicados a fazer o melhor cliente de Twitter absoluto possível, e fazendo isso significa escolher uma plataforma de destino específico e concepção de toda a experiência do usuário do início ao fim. Para ser franco, Birdie não é mais um app de Twitter para GNU/Linux; em vez disso, ele vai ser o melhor app para Twitter do elementary OS”, diz Nathan Dyer, desenvolvedor e líder do projeto.

Os desenvolvedores do Birdie já estão trabalhando na próxima versão da aplicação, a 2.0, e provavelmente será padrão no elementary OS. Sem falar que o aplicativo terá alguns recursos que só estarão presentes na distribuição. Isso significa que se alguém instalar o app em outra distro, algumas funcionalidades podem, infelizmente, não funcionar como esperado.

Com informações de Softpedia, Birdiee LinuxBuzz.